Angulo Sólido, Tecnologias de Informação

info @ angulosolido.pt

Helpdesk Parque Escolar

helpdesk parque escolar

Principais funcionalidades da Aplicação:

  • Gestão de pedidos de intervenção (tickets) e de intervenções
  • Possibilidade de utilização da aplicação por várias entidades (Câmara, Agrupamentos de Escolas e Executantes)
  • Criação de tickets pela Câmara ou pelos Agrupamentos de Escolas em que é a Câmara que classifica as intervenções por níveis de prioridade e tempos de resposta
  • Configuração da aplicação (criação de entidades e utilizadores) feita pela Câmara (com ou sem suporte técnico externo adicional)
  • Acesso individualizado a um quadro-resumo da informação mais importante(tickets ou aprovações pendentes, por exemplo)
  • Registo de datas das diversas fases da gestão dos tickets para posterior análise (validação do cumprimento dos prazos contratuais pelos Executantes, por exemplo)
  • Registo de mensagens nos tickets e anexo de ficheiros para arquivo de informação pelos utilizadores
  • Pesquisa de tickets por assunto, descrição, nome do equipamento, executante, mensagens, intervenções e estado
  • Envio de mensagens por correio eletrónico para avisar os intervenientes da evolução do estado dos tickets
 

Outras Características:

  • A interface funciona via web, sendo simples e rápida para facilitar o acesso também por equipamentos móveis
  • São utilizados símbolos e cores para facilitar o acesso às diferentes funcionalidades da aplicação
  • No topo da página é apresentado o número de tickets por estado para cada utilizador
  • As listagens podem ser filtrados por estado, agrupamento de escolas, executantes, prazo cumprido e data de criação
  • As listagens podem ser impressas
  • São utilizadas tecnologias de código aberto baseadas em normas abertas
  • O desenvolvimento foi realizado de forma a permitir a introdução de novas funcionalidades
  • Pode ser analisada a possibilidade de importação de dados históricos

Fluxo normal de informação:

  • O ticket é criado pela Câmara ou pelo Agrupamento de Escolas
  • O ticket é lido pela Câmara
  • O ticket é analisado pela Câmara
  • O ticket é atribuído ao Executante pela Câmara em função do tipo de intervenção necessária
  • O ticket é aceite ou devolvido pelo Executante
    • No caso do ticket ser devolvido pelo Executante, a Câmara deverá analisar a rejeição e agir em conformidade
  • O Executante realiza a intervenção podendo registar a evolução da mesma (Aguarda Material, Aguarda Orçamento, Aguarda Aprovação Superior, Atribuído a Serviço Externo, Atribuído a Serviço Interno)
  • A Intervenção é registada como executada pelo Executante
  • O Intervenção é validada ou rejeitada pelo Agrupamento de Escolas
    • No caso do ticket ser rejeitado, a Câmara deverá reanalisar o ticket e eventualmente voltar a atribuí-lo ao Executante
  • O ticket é encerrado pela Câmara